Angola nega ataque FLEC-PM a trabalhadores chineses Cabinda

O secretário de Estado dos Direitos Humanos angolano, António Bento Bembe, disse à Lusa que as notícias sobre a morte de um trabalhador chinês e o rapto de outro em Cabinda, no passado fim de semana, «são pura alucinação».

«É pura alucinação de algumas pessoas em Cabinda que resulta do tanto quererem que estas coisas aconteçam», disse o governante angolano, que tem também a função de fazer a «ponte» entre Luanda e a província-enclave do norte do país.

A notícia do ataque à coluna de camiões chineses foi avançada pela Voz da América que, citando fontes da FLEC-PM, a mesma fação que foi reivindicou o ataque em janeiro à comitiva do Togo que se preparava para participar na CAN 2010 de futebol, ocorreu junto à fronteira com o vizinho Congo-Brazzaville.

Diário Digital / Lusa. 20 de Maio 2010

Advertisements

Tags: , , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: